Sem cachê, Vivi Araújo vai sambar na Boa Vista

ViviPor Lucas Rezende

Há uma semana a coluna falava de Viviane Araújo por aqui, quando, patente alta da Independentes de Boa Vista dava conta de que ela ainda não estava confirmada no Sambão do Povo em 2016. Nada como o tempo. Viviane agora já é presença garantida na passarela capixaba e fecha o time de três musas da agremiação de Itaquari, em Cariacica. Ah, detalhe interessante: em tempos de crise financeira, onde as escolas de samba estão vendendo o faisão para comprar a lantejoula, Viviane abriu mão do cachê que habitualmente recebia para sambar por nossas bandas. Os gastos com ela mesmo, só os triviais (lê-se passagens aéreas, hospedagem, alimentação e translados). Viviane fecha o desfile da Boa Vista em meio àquele tradicional frenesi de seguranças na concentração e fotógrafos nos alambrados. A agremiação vai cantar as festas e folguedos do Espírito Santo.

Tricotando
No camarote VIP do show de Dudu Nobre, neste fim de semana, na quadra da Mocidade Unida da Glória, Bryce Caniçali, rainha de bateria da Imperatriz do Forte, batia papo tipo de comadre, com Fabiana Mattos, da Império de Fátima.

Crise? Que crise?
Final de semana agitado nas formaturas: pelo menos três faculdades de classe alta reuniram formandos de cursos de direito e medicina pelos cerimoniais da Grande Vitória. Nas atrações, nada de economia. Teve de Valesca Popozuda a Tomate, passando por Bonde do Tigrão.

Camarote 01 do Multiplace Mais em dia de Lulu Santos: Bruno e Mariana Lawall e Carol e Nilson Miranda (Foto: Thiago Bonfim)
Camarote 01 do Multiplace Mais em dia de Lulu Santos: Bruno e Mariana Lawall e Carol e Nilson Miranda (Foto: Thiago Bonfim)

Politizado nas entrelinhas
Lulu Santos, em dado momento de seu show no Festival de Verão do Multiplace Mais, começou a desejar ao público “um grande ano de 2016”, pedindo que todos “fiquem muito bem” e “que tudo melhore”, quando foi interrompido por um grito de “fora Dilma”. Ele então prosseguiu: “Se eles não melhorarem a gente faz melhorar. Lembrem-se: faça amor ou não façam nada”.

Intimidade
Um dia antes, quem passou pelo complexo de entretenimento dos Lawall foi a banda Aviões do Forró. Xand, um dos vocalistas, reencontrou Ramissés Rocha, produtor geral do Mais, seu amigo de longa data. O papo no camarim foi longo e, logo que Ramissés chegou ao recinto ouviu um alto e sonoro “faraó”. É assim que Xand o apelidou há tempos…

No backstage da Outros 500, em plena LuAzul, Carol Legally e Camila Peixoto, o duo de belas DJ'S que animou a festa no último sábado (Foto: Léo Gurgel)
No backstage da Outros 500, em plena LuAzul, Carol Legally e Camila Peixoto, o duo de belas DJ’S que animou a festa no último sábado (Foto: Léo Gurgel)

Cenas da cité-saúde (1)
Três belas moças entraram em um táxi em Guarapari na última sexta-feira e começaram a gritar, meio no tom de brincadeira, imaginando que não daria em nada: “Cadê o baseado? Cadê o baseado?”. Eis que o motorista, mais que prontamente, levou a sério, enrolou um cigarro de maconha e pronto: haja fumaça.

Cenas da cité-saúde (2)
Marcus Buaiz, sem sua Wanessa, pousou no Aeroporto de Guarapari há dois dias e seguiu imediatamente para a Praia do Morro, onde, na Aldeia da Praia, curtiu a residência da família, com vista para o mar, coqueiros mil e grande piscina. Ah, por lá, rolou até dupla sertaneja para animar festa no maior estilo domingão em família.