MPES intervém e camarotes para o Carnaval não serão mais leiloados

por Lucas Rezende
A venda de mesas e camarotes para o desfile das escolas de samba do Carnaval de Vitória 2016 aconteceria no próximo domingo. Aconteceria. A Promotora de Justiça de Defesa do Consumidor do Ministério Público do Espírito Santo, Dra. Sandra Lengruber da Silva, bateu o martelo e decidiu adiar a data. E a mudança vem junto com o veredicto: as vendas, que seriam por meio de leilão, serão feitas agora com a distribuição de senhas e sorteio de ordem de compra. A Liga afirmou que as decisões não foram impositivas e sim tomadas em comum acordo com o MP. Segundo eles, as mudanças “representam o desejo em realizar um evento de qualidade e atendendo as expectativas dos cidadãos”. Agora é aguardar o momento derradeiro da distribuição dessas senhas. Salve-se quem puder.

Foto de Dayana Souza
Foto de Dayana Souza

Alfinete no samba (1)

Alunas do curso de moda da FAESA, coordenadas por Josué Vasconcelos, estão criando peças que serão apresentadas na quadra da Unidos de Jucutuquara no próximo dia 21. Na mesma data, a rainha Lorena Bragatto vai comemorar seu aniversário no Anchietinha com várias atrações. Dentre elas, um desfile onde as aspirantes a estilistas poderão mostrar suas criações com o mote Vitória, que vem a ser o enredo da Jucu no desfile de 2016.

Alfinete no samba (2)

As melhores peças, aliás, poderão ser vistas no desfile da agremiação, já que o carnavalesco Oswaldo Garcia ficará de olho na apresentação das alunas. Elas também, além dos looks, estão desenvolvendo a roupa que Lorena Bragatto usará em seu aniversário.

Play
Depois de um ano em estúdio, acaba de nascer o CD “Do outro lado do muro”, mais novo filho da Banda Lane, de Jonathan Caputo, Kayo Claudio, Lucas Abreu e Vítor Cerutti. Com 15 faixas, o álbum já está disponível para compra nas plataformas de streaming iTunes, Spotify, Deezer e Google Play. O CD físico, nas gôndolas, chega em breve ao mercado capixaba.

********

Quase uma rodoviária
Uma grade com poucos voos eu um espaço pequeno são desgraças poucas para o Aeroporto de Vitória. Uma verdadeira sauna, com o sistema de refrigeração falho, voltou a fazer da vida do passageiro um inferno.