Fluente é ceifada pelo Ministério Público

por Lucas Rezende

A Fluente, balada alternativa da produtora Anfimofo que ficou território em Jardim da Penha sofreu um processo no Ministério Público por parte de dois moradores da rua, alegando que a festa fere a moral e os bons costumes. Com a situação, as festas terão que acabar 01h, não mais às 05h. É a noite da capital virado cada vez mais uma Cinderela.

Bonés, chapéus e viseiras com o emblema "Outros 500" são marca do evento (Crédito: Reprodução do Facebook)
Bonés, chapéus e viseiras com o emblema “Outros 500″ são marca do evento (Crédito: Reprodução do Facebook)
Status
O que tem de mulher fazendo das tripas coração para virar uma embaixadora da festa Outros 500 não está no gibi. Teve uma que ofereceu até divulgação no Instagram em troca.

VIP
Falando no badalo, as conversas para chegar à Vitória começaram desde o ano passado. A produção estava a procura de festas conceituadas que atingissem um outro conceito, até então não visto na ilhota: algo mais restrito, com poucos ingressos as venda, para um público mais exigente. Para tanto, precisavam de uma marca de excelente reputação. Foi aí que o nome Outros 500 surgiu.

Loading…
Aliás, os donos da Outros 500 já negociam trazer outros projetos para Vitória. É só aguardar.

Em tempo

Esfriaram as conversas na Câmara de Vitória para um projeto de lei que fechasse os bares de Vitória à 01h.

Comunicação (ou a falta dela)

Anunciaram o show de Michel Teló pelo projeto de uma operadora de telefonia, mas esqueceram de avisar alguns órgãos públicos, que ficaram sabendo da apresentação no Parque da Prainha, em Vila Velha, pela internet.

Mãe Dinah

Como a coluna havia noticiado um dia antes, o enredo da Unidos da Piedade para o próximo desfile é realmente a Vila Rubim, no Centro de Vitória.

Plumas

Jorge Neppi continua como coordenador de destaques da Independentes de Boa Vista. O grupo que desfilará, porém, não será o mesmo. Algumas baixas já aconteceram.

Sócios da WB Produções, Wesley Telles e Bruna Dornellas (Crédito: Divulgação)
Sócios da WB Produções, Wesley Telles e Bruna Dornellas (Crédito: Divulgação)
Agora nas coxias
O projeto teatral do grupo da internet “Porta do Fundos” virá à Vitória pelas mãos do duo Bruna Dornellas e Wesley Telles. Será nos dias 21 e 22 de junho no Teatro Universitário. Gregório Duvivier está incluído.