De madrinha para rainha: Juliana Couto reina plena na Boa Vista

Juliana Couto foi madrinha da agremiação de Itaquari no desfile 2015 (Crédito: Dayana Souza)
Juliana Couto foi madrinha da agremiação de Itaquari no desfile 2015 (Crédito: Dayana Souza)

por Lucas Rezende

A Independentes de Boa Vista realizou no último final de semana seu boteco, abrindo os trabalhos do ano. No evento, o novo carnavalesco Petterson Alves – ex-MUG – foi apresentado, e uma surpresa para a comunidade: Juliana Couto, até então madrinha de bateria, foi alçada ao cargo de rainha, vago com a retirada da estilista Bryce Caniçali.

Juliana estreou à frente da bateria Águia Furiosa neste ano, é médica, e moradora de Cariacica. À época, esta modesta coluna publicou com exclusividade em sua versão impressa a chegada da bela loira na agremiação. No Facebook, a comunidade de se divide: gregos comemoram pela simpatia e beleza da moça, enquanto troianos reclamam pela falta de samba no pé. Maldosos e bondosos à parte, desejamos um bom reinado a esse belo exemplar de loura cariaciquense, como já diria a amiga Priscila Gama.

Há quórom, presidente
Falando na festa da Boa Vista, por lá, como não poderia faltar, políticos – uns com samba no pé, outros menos. O prefeito (cheio da ginga) Juninho, torcedor roxo; o sempre simpático deputado federal Helder Salomão, da harmonia da agremiação; e por fim – e com maior interrogação de nossa parte por sua presença no meio do samba -, Marcos Bruno, estreante como deputado estadual.

Sujou

O povo de Anchieta está na bronca com a situação do Rio Benevente – que ainda passa por Guarapari, Piúma, Afonso Cláudio e Iconha. Eles reclamam que a rede de esgoto vem sendo despejada sem dó, nem piedade, no flume.

Braços cruzados
Publicamos neste espaço, na última semana, que a Universidade Federal do Espírito Santo corria risco de entrar em greve. Pois bem: as movimentações de paralisação começaram com os servidores, que vão parar no final de maio. Os professores ainda aguardam decisão, mas as expectativas não são nada animadoras.

cupidoÉ o amor
Ao contrário do que pensam, a coluna ama unir casais. Mesmo eles ainda sendo escondidos. Uma atriz no ar em “Malhação” anda se encontrando frequentemente com uma cantora de MPB. A química entre as duas é ótima, e vai render até uma música, acreditam? A letra já foi entregue, e a cantora está colocando a melodia.

Sirene
A fábrica da Chocolates Garoto, em Vila Velha, acionou quatro longos sinais no final da madrugada desta segunda-feira última. Geralmente há um toque no horário que consegue ser ouvido de vários bairros da cidade. Ele sinaliza quando acaba um dos turnos da fábrica, e é repetido no horário do almoço e no fim do expediente administrativo. Mas, no histórico, sinais seguidos e longos como esses refletem situações graves, funcionam como aviso. Já aconteceu, por exemplo, quando um colaborador morreu. Só que desta vez, felizmente, nada aconteceu.

Novos parceiros são “Outros 500”
Festa boa precisa de bons parceiros. E, se a estreia de Outros 500 em Vitorinha promete ser histórica, Liv Drinks ES, Onodera Estética e Empório Life entram no time e, juntos com os já confirmados Audi Center Vitoria, BY Rock e Raya Sandals apoiam a festa. No último final de semana, os diretores da Booa Produções Marcio Ribeiro, Mateus Carvalho e Isabelle Gomes estiveram no Rio e conferiram mais um sucesso da Outros500 carioca. Na mansão do Joá, a edição “The Secret” com ingressos esgotados (apenas 1300), a festa foi até o dia amanhecer. Caio Castro e Gabriel Medina estavam presentes. Em Vitoria, a edição “All Black”, será no dia 26 de junho, na sede social do Álvares Cabral.